Sem categoria

Campanha da Fraternidade 2020 – ‘Fraternidade e vida: dom e compromisso’

A Campanha da Fraternidade ocorre anualmente no período da Quaresma e é organizada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). Todos os anos são definidos temas e lemas que visam arrecadar fundos para atividades assistenciais, além de despertar a solidariedade dos fiéis e promover soluções efetivas diante dos problemas sociais.

Em 2020 a CF fará a Coleta Nacional de Solidariedade em 5 de abril, no Domingo de Ramos. O tema é ‘Fraternidade e vida: dom e compromisso’. A decisão pretende homenagear e reconhecer Irmã Dulce, uma religiosa católica brasileira, canonizada com o título de Santa Dulce dos Pobres. O lema “Viu, sentiu compaixão e cuidou dele” tem como objetivo gerar nos fiéis uma reflexão sobre o âmbito pessoal, comunitário, social e ecológico.

A origem e o princípio da Campanha da Fraternidade

Os primeiros registros da Campanha da Fraternidade se deram na Quaresma de 1962, no Brasil, a fim de angariar recursos para transformar a difícil realidade de diferentes comunidades.

Vale lembrar que a Quaresma é um tempo que prepara os fiéis para a ressurreição de Jesus e, por isso, deve ser tratado com muito respeito e reflexão sobre a vida. Além disso, precisam ser realizadas orações, jejuns, penitências e caridades.

No entanto, a ampla evangelização sempre foi o foco CF 2020, pois conta com a boa vontade dos fiéis para ajudar a resolver os problemas de outras pessoas. Desse modo, durante a Quaresma e em conjunto com a campanha é possível concentrar todas as energias em práticas de caridade e solidariedade.

O ato é a demonstração mais pura de amor ao próximo e de humildade, pois permite que os fiéis colaborem com os mais necessitados e elimina qualquer presença de orgulho.

Para representar a Campanha da Fraternidade de 2020 a CNBB escolheu a figura de Santa Dulce dos Pobres. A freira baiana dedicou toda sua vida aos mais necessitados, ajudando sempre e de muitas formas.

Contudo, Irmã Dulce acreditava que a melhor maneira de demonstrar sua fé e amor por Cristo era promovendo caridades. Com isso, foi reconhecida e canonizada pelo Vaticano após realizar milagres.

Participe da Campanha da Fraternidade em 2020

Com o início da Quaresma, em 26 de fevereiro, já é possível colocar em prática as orientações passadas pela CF 2020. Contudo, não é preciso esperar até a data para isso.

Uma boa dica é adotar os preceitos da ação durante todo o ano de 2020, pois atos de bondade e amor ao próximo não necessitam de hora marcada para acontecer.

Prova disso se encontra no próprio legado que Jesus deixou na Terra. Para Ele, ter compaixão com as pessoas independente da situação e condição era primordial para levar uma vida plena e humilde.

Dessa forma, ainda é possível restituir a dignidade perdida por àqueles que demandam de ajuda e auxílio, pois todos devem ser amados, sem distinção.

O texto-base proposto pela Campanha da Fraternidade de 2020 assegura um panorama completo aos fiéis e, para isso, oferece diversos conteúdos referenciais para que a população saiba viver, difundir e praticar os ideais abordados no ano vigente.

Sendo assim, os meios de divulgação do programa são vídeos, cartazes, adesivos, manual, CD, informativos, camisetas, orações, o hino oficial, músicas, entre outros.

Pratique a caridade de forma efetiva no novo ano

Além de ver é crucial se solidarizar com as dores das pessoas para que esse sentimento não seja menosprezado ou completamente ignorado.

Sendo assim, em 2020 é super importante adotar boas práticas e tomar iniciativas para fortalecer os laços com a igreja e, principalmente, com os princípios de Deus.

Para isso, sempre que puder apoie sua comunidade e ajude quem precisa, não somente na época de Quaresma, mas durante todo o ano.

Com isso, você pode usufruir dos conhecimentos, ensinamentos e das dicas que a Campanha da Fraternidade garantirá, pois um completo estudo pelo Brasil é realizado para mostrar as diversas realidades de quem vive no país.

Por isso, foque sua energia em fazer o bem para as pessoas sem impor pré-requisitos para isso. Apenas abra o seu coração e deixe que a empatia dite as regras para o seu comportamento e atitude. Desse modo, será possível tornar a sociedade ao seu redor mais pacífica, amorosa, alegre e livre de sofrimentos.

Você também pode gostar...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *